A Tela Quente é uma sessão de filmes da TV Globo, exibida desde 7 de março de 1988 nas segundas-feiras, após a novela das nove, com exceção do primeiro semestre do ano, em que vai ao ar após o Big Brother Brasil ou após uma minissérie exibida, geralmente no mês de janeiro.

História

Antes de 1988, o horário pós-novela das oito era ocupado nas segundas-feiras pelo Viva o Gordo, programa capitaneado por Jô Soares. No entanto, a saída do humorista para o SBT acabou abrindo um vácuo na programação, que acabaria preenchido pela Tela Quente em março, quando se iniciou a transmissão da temporada 88 da programação da Globo.

A estreia da sessão aconteceu no dia 7 de março de 1988 com O Retorno de Jedi, filme que encerra a trilogia inicial da série Guerra nas Estrelas (Star Wars). A partir de então, a sessão passou a ser a principal da emissora, em que os filmes de maior repercussão seriam apresentados de forma inédita na TV.

Em 1989, a Tela Quente foi apresentada nas quintas-feiras nos meses de janeiro a março, enquanto nas segundas o seriado 'O Homem da Máfia' e minisséries no Festival de Verão eram apresentados. Em 27 de março do mesmo ano, o programa retornou ao dia e horário tradicional.

Nos meses de Janeiro à Março ou Abril, a sessão reprisava seus filmes exibidos no ano anterior, e no mês de Abril iniciava-se sua nova temporada de inéditos.

Desde 2015 tanto inéditos quanto reprises passaram a ser exibidos mensalmente, embora isso tenha ficado mais frequente desde 2016.

Entre março de 2015 até janeiro de 2018 a sessão passou a exibir alguns filmes inéditos no período de reprises e além disso desde outubro de 2015 algumas reprises no período de filmes inéditos, desde 2016 teve sua temporada inédita estreando em Janeiro, também desde agosto de 2018 teve algumas reprises no período de inéditos exibidos em sessões eventuais e também desde outubro de 2019 algumas re-reprises no período de inéditos.

Entre 21 de outubro e 11 de novembro de 2019, a Globo comercializou o naming rights da sessão que passou a ser chamada de Tela Quente Coca-Cola.

Acordos de Exibição

Por ser uma das principais sessões de filmes da emissora, acaba trazendo obras inéditas na TV aberta, incluindo blockbusters de todos os gêneros, séries do Globoplay transformados em telefilmes para divulgação do serviço, e também filmes independentes exibidos em festivais estrangeiros, como Sundance e Cannes.

Atualmente a TV Globo tem os direitos de filmes produzidos pela Warner Bros. (desde 2016), Disney (inclui os filmes da Marvel Studios, Pixar, Lucas Films, e Fox Films), Universal Pictures (desde 2019), filmes independentes e nacionais distribuídos pela Paris Filmes, Diamond Films, entre outras menores. Também exibe os próprios filmes produzidos pelo selo Globo Filmes, responsável por triologias de sucesso como "Minha Mãe é uma Peça" por exemplo. Até 2020 exibia filmes da Sony Pictures, que migraram para a RecordTV.

Recentemente houve um boato que a Globo estaria abrindo mão de filmes devido ao crescimento dos serviços de streaming, porém isso foi desmentido, e a emissora esta negociando com os principais estúdios e independentes para a renovação de seu catálogo.

Filmes exibidos

Lista de filmes exibidos em Tela Quente

Estatísticas

Lista de estatísticas da Tela Quente

Curiosidades e Cancelamentos

Confira a lista de curiosidades, e também não exibições da sessão

Patrocinadores

Lista de patrocínios da Tela Quente

Naming Rights nas Sessões de Cinema da Globo

Para saber mais sobre a comercialização de Naming Rights, visite o artigo próprio

Naming Rights nas Sessões de Cinema da Globo (sessões que levam o nome do patrocinador)

Logotipos

Confira a evolução gráfica das aberturas da Tela Quente

Selos de Classificação Indicativa

  • Desde 2007: DJCTQ - L.png - Livre
  • Desde 2007: DJCTQ - 10.png - 10 anos (+10)
  • Desde 2007: DJCTQ - 12.png - 12 anos (+12)
  • Desde 2007: DJCTQ - 14.png - 14 anos (+14)
  • Desde 2007: DJCTQ - 16.png - 16 anos (+16)
  • A definir: DJCTQ - 18.png - 18 anos (+18)


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.